Layla Ferreira


" Uma paixão aqui, um quase-amor ali. Ainda bem que existem amigos para amar, abraçar, sorrir, cantar, escrever em recibos e tirar fotos bonitas. E a vida segue. Feliz. Sua imaginação te preenche, seus amigos te dão colo, vodka, sorrisos e dias incríveis."
1 2 »

”Somos feito irmão, ou pelo menos brigamos tanto como se fossemos. ” 


- Layla Ferreira


Sei que fui eu que declarei o termino, que fui eu que joguei tudo pro alto por causa de um ciumes bobo. Mas, pensa bem.. Eu nao tinha noção que você iria levar isso tão ao pé da letra e que em pouco tempo já estaria curtindo outras meninas. Esperava que pelo menos você tivesse um tempo de “luto” do nosso termino. E que neste tempo iria me procurar e pedir para eu não ir embora. Mas não, me enganei. Agora você está aí com esta ”paixão” que não estava nos nossos planos, ou pelo menos não nos meus. E me diz pra que isso? Você sabe que ainda me ama e que eu ainda te amo, pra que perder tempo? Enquanto você fica aí com sua nova namoradinha, eu fico aqui com minhas festas, bebidas e shows. Só para chamar sua atenção. E pelo visto consigo. Talvez seja até ridiculo o que vou falar, na verdade é ridiculo. Porém tenho que confessar, que fico feliz por conseguir isso. É tão bom passar por você e ver você me observando e me admirando. É tão bom saber que você fica me vigiando com olhares nas festas e que morre de ciumes quando algum menino vem conversar comigo, me comprimentar ou me elogiar. Fico feliz por que são nestas atitudes que vejo que você ainda gosta de mim e são nestas horas que meu ego vai lá em cima. Só que nada disso faz você me procurar, nada faz você largar o orgulho e vim aqui me pedir para voltar. E enquanto você não vem, eu fico aqui te esperando e cuidando de você, mesmo que seja de longe.


Ei, vem cá. Me abrace, me deixe ficar no seu colo, deixe sentir o calor do seu corpo, fica comigo. Faça este meu medo ir embora. Cuide de mim. Me ame acima de tudo.


Tá sendo difícil, difícil de falar, de viver, de respirar. Eu sei que está tudo bem, e que você ta aí só com alguns arranhões. Mais não consigo controlar o que to sentindo, é involuntário. É, meu coração ta agoniado, ta apertado e pronto para explodir a qualquer momento. Eu preciso te ver, por que só assim eu vou conseguir ver que ta realmente tudo bem contigo. Vou te abraçar e te agarrar tanto, se prepare rs. Eu queria muito ta do meu ladinho agora, te mimando, te fazendo rir, e tudo que eu tenho direito de fazer. Eu só queria ter a certeza que está tudo bem, e que Deus cuidou de você como eu exatamente peço/pedi. E vei, na boa? Não sei o que seria da minha vida se tivesse acontecido alguma coisa contigo! Meus olhos enchem de lagrimas toda vez que penso nisso, ou imagino a cena. É inevitável, eu choro toda vez que lembro. E este choro é de tristeza mas também de felicidade.. Felicidade por você estar vivo, bem e meu como sempre u.u rs. Só tenho que agradecer a Deus por ter cuidado de você, e não ter deixado que nada de ruim tivesse acontecido, de verdade. Serei grata eternamente por ELE. E por favor, não me mate mais do coração ok? u.u Te amo, isso basta.


Melhor amiga: Eu já resolvi aquele negócio para você.
Melhor amigo: Serio? Valeu. Vou te dá ate um presente.
Melhor amiga: Qual? *-*
Melhor amigo: Advinha? Haha.
Melhor amiga: Aquele perfume que tu disse que iria me dá? Ou aquele anel perfeito que to doida querendo? *-*
Melhor amigo: Não, não. Só um serenata mesmo.  


É… Não tem nada haver, ou melhor, tem haver de mais.


Melhor amiga: Ai para de mexer neste celular e conversa comigo.
Melhor amigo: Fala amor da minha vida.
Melhor amiga: Eu disse para conversar, não para mentir.


[…] há três anos conheçi um menino, mas ele não era um menino comum, ele era um menino diferente de todos que já havia conhecido. Ele era um menino tão bom, tão perfeito. Me fazia bem, me ajudava quando eu mais precisava, sempre esteve ao meu lado, se estava mal ele conseguia me fazer rir sem fazer muitos esforço, ele sabia dos meus segredos mais loucos e ele tambem compartilhava os dele comigo, era um laço, uma amizade que todos que olhavam invejavam, era um companheirismo absurdo. As namoradas dele sempre sentiam ciumes de mim, me odiavam, eu entendo, afinal de contas nossa ligação era tão forte que gerava insegurança nos outros. Nós tivemos nossa primeira briga (unica até poucos minutos atrás), foi tão difícil ficar alguns dias sem ele, sabe aquela sensação de estar sozinha em meio uma multidão? Era exatamente assim que me sentia. Ficar sem ele foi horrível, ver ele todos os dias e não poder dizer “Bom dia, neném”. Era torturante ficar na mesma sala que ele, e não poder si quer olhar para ele e sorrir. Eu perdi a vontade de ir para escola, por que saberia que não teria ninguém lá que me faria feliz pelo simples fato de sorrir para mim. Só de pensar na sua indiferença eu ficava mal, ver você desviando o olhar em relação a mim. Te via bem sem mim, te via rindo, como se não sentisse minha falta, isso me magoava. Eu cheguei a pensar que ele me chamava de melhor amiga pois eu o chamava de melhor amigo, pensava que se eu fosse mesmo a melhor amiga dele ele não estava exercendo direito o seu papel. Eu falava com minha amiga o quanto eu tava louca para ir falar com você e dizer tudo que tava sentindo, mas ela dizia “fica calma, depois vocês tão de boa”. Até que num descuido seu, você falou comigo sem perceber, e depois te ficar no seu lado o dia todo te enjoando você me perdoou. Sem duvidas receber o abraço dele de novo, foi incrível. Percebi que estava enganada e que realmente ele sentiu minha falta, só era orgulhoso de mais para dá o braço a torcer. Toda aquela agustia foi jogada fora só em ouvir você falar “Sai daqui sua chatinha”. Quanto eu to com você, eu me sinto diferente. Os meus problemas somem. Ao ver o seu sorriso, eu não consigo resistir e sorrio também. Quando eu digo “eu te odeio” na verdade eu to querendo dizer “eu te amo seu idiota”. Eu adoro seu abraço, mas adoro mais ainda quando você vem fazer cocegas em mim. Você é idiota, ridículo, besta, bobo, ciumento, chato mas mesmo assim continua sendo o meu melhor amigo. Continua sendo o meu neném. Eu sou capaz de fazer tudo pela nossa amizade, quando digo TUDO é tudo mesmo! Eu sei que sou ciumenta, e as vezes chego a ser a pessoa mais possessiva do mundo, mas é medo, medo de perder sua amizade, medo de você me trocar por alguma namoradinha, medo de esquecer que eu exista, medo acima de tudo de você partir e nunca mais voltar. Vou sempre estar aqui para cuidar de você, ao ponto de que se alguma garota quebra seu coração vou odiá-la para sempre, e desejar que ela se ferre ainda mais. Então, tem certeza que deseja voltar lá em cima do texto? E fazer eu me sentir a pior pessoa do mundo de novo? Tem certeza que quer ficar assim? Me desculpa, se fiz algo. É serio! Você sabe o quanto sou orgulhosa e o quanto é difícil eu tá aqui, ainda mais para o tumblr todo. Mas como disse, eu faço tudo por você e pela nossa amizade. E então? Me desculpa? Desculpas minhas bobeiras? Meus ataques de ciumes e grosserias? Desculpas minhas atitudes? Não quero ter que passar aquilo tudo de novo, e muito menos te perder. Eu te amo, melhor amigo. […]


Melhor amiga: Vou sair daqui. Vou fazer minha unha ainda rs.
Melhor amigo:  Mas você não pode fazer unha.
Melhor amiga: Oh, por que não?
Melhor amigoVai lavar a roupa do serviço amanha como?